....................
............................

E NOIS

E NOIS

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

STF abre inquérito para investigar Marco Feliciano


O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Edson Fachin autorizou nesta quinta-feira (15) abertura de inquérito para investigar o deputado Marco Feliciano (PSC-SP), acusado pela jornalista Patrícia Lélis de tentar estuprá-la.
Fachin decidiu acolher parecer da PGR (Procuradoria-geral da República) para instaurar a apuração. Na condição de deputado, ele tem foro privilegiado e, por isso, o procedimento só pode tramitar no Supremo.
No dia 19, a Polícia Civil de São Paulo enviou ao STF a queixa prestada por Patrícia em uma delegacia paulista. O então presidente da corte, Ricardo Lewandowski, compartilhou o documento com a PGR.
Patrícia também acusou o chefe de gabinete do deputado de tê-la ameaçado com uma arma e a mantido em cárcere privado. A Polícia Civil de São Paulo, porém, indiciou a jornalista por extorsão e falsa comunicação de crime.
Segundo o delegado do 3º DP (Campos Elíseos, em São Paulo), Luís Roberto Hellmeister, a jovem não foi forçada a gravar vídeos em que aparece negando as acusações contra o deputado.
Hellmeister afirma ter ouvido o então namorado da jovem, Rodrigo Simonsen, em depoimento. De acordo com o delegado, Rodrigo disse que ficou com Patrícia durante três noites no hotel no centro de São Paulo onde ela afirma ter sido mantida refém e que não viu Bauer em sua estada.
A jornalista é suspeita ainda, diz o delegado, de extorquir dinheiro do assessor do deputado para inocentá-lo. Bauer admitiu em depoimento ter entregado R$ 20 mil para Emerson Biazon, ligado a Lélis, para entregar à jovem, que saberia do acordo.

Caso os procuradores concluam que houve tentativa de estupro, Feliciano pode ser denunciado. Caso contrário, o inquérito é arquivado, ainda que eles descubram que Patrícia mentiu, já que ela não tem prerrogativa de foro.

Pocurador rebate Lula e diz que poderosos reagem


O procurador da República Deltan Dallagnol, da força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba, afirmou nesta quinta-feira (15) que “é natural que pessoas investigadas reajam” – numa referência às críticas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “É natural que essas pessoas investigadas reajam. E quando essas pessoas são poderosas econômica e politicamente as reações tomam vulto. Não nos surpreendemos, encaramos com naturalidade”, disse Deltan, durante o evento ‘Democracia’ realizado na tarde desta quinta-feira, em Curitiba, base da força-tarefa da Lava Jato.
Na quarta, 14, o procurador classificou Lula de ‘comandante máximo do esquema de corrupção’ na Petrobras. Ele e outros procuradores da força-tarefa deram entrevista coletiva a dezenas de jornalistas acusando o ex-presidente.
Sobre os questionamentos que tem ouvido e lido de que não teria apontado provas contra o petista, o procurador reportou-se à sétima fase, deflagrada em novembro de 2014, que levou para a cadeia o primeiro grupo de empreiteiros acusados de liderar o cartel que corrompia agentes públicos e políticos. E lembrou, ainda, da 14.ª etapa, Erga Omnes, em junho de 2015, que alcançou a Odebrecht e a Andrade Gutierrez, as duas maiores construtoras do País.
“Na 14.ª fase chegamos a duas das maiores empreiteiras. No mesmo dia uma dessas empresas fez uma (entrevista) coletiva afirmando que não tínhamos mais do que indícios e presunções”, disse Deltan, numa alusão direta à estratégia de defesa de Lula que questiona o rol probatório da Lava Jato na denúncia contra o ex-presidente.
“Falamos em presunções, embora tivéssemos provas que consistiam nos depósitos pelas empreiteiras no exterior nas contas de funcionários públicos corrompidos”, destacou Deltan Dallagnol. “Os próprios agentes alvos de corrupção vieram a confirmar que o dinheiro nas contas era oriundo de propinas”, disse o procurador. Ele reafirmou que o diagnóstico da Lava Jato é ‘perturbador’.
Segundo o procurador, o esquema ‘mostrou-se muito mais amplo, envolvendo outras estatais como a Eletrobrás e o Ministério do Planejamento’. Ele rechaçou argumento reiterado de aliados de Lula sobre uma suposta motivação político-partidária da acusação. Disse que mais de trezentos investigadores estão mobilizados para as investigações. “Somos treze procuradores, cinquenta técnicos do Ministério Público Federal, quarenta auditores da Receita e equipes numerosas da Polícia Federal, todos concursados e sem qualquer histórico de vida político-partidária.Todos fazem parte dessa ‘conspiração’?”, ironizou. Segundo ele, “a corrupção não está vinculada a um partido A ou partido B, a um governo A ou um governo B”.

“As pessoas podem questionar por que não denunciamos os crimes anteriores aos governos do PT. Porque os crimes prescreveram, demoramos muito para descobrir isso”, reconheceu. (BR 247)

# somos todos Silvano✌✌💙



quarta-feira, 14 de setembro de 2016

ADOLESCENTE É BALEADO E MORRE APÓS DA ENTRADA NA UPA 24h NA CAPITAL DA MODA


Foto:Blog do Jota Lidio.

Na noite do último sábado ( 10/09 ) a cidade de Santa Cruz do Capibaribe , registrou um homicídio , desta vez o fato aconteceu na favela do papelão no bairro Santo Agostinho , na capital da moda.

A vitima foi o adolescente Deivison Alves dos Anjos , 15 anos que foi atingido por um disparo de arma de fogo na cabeça , ele foi socorrido para a UPA 24 horas , onde recebeu os primeiros atendimentos médicos , mas devido á gravidade ele não resistiu ao ferimentos e faleceu na unidade de saúde.

Segundo informações a vitima já teve passagens pela policia.A Policia Militar esteve na unidade de saúde para colher mais informações , a Policia Civil realizou o levantamento cadavérico e encaminhou o corpo para o IML de Caruaru.

COLIGAÇÃO '' JUNTOS CONSTRUINDO O FUTURO '' REALIZA GRANDE PASSEATA EM SÃO DOMINGOS

Na noite do último sábado ( 10/09 ) mais uma vez a coligação '' Juntos Construindo o Futuro '' , realizou mais um movimento no distrito São Domingos , onde resultou em uma grande passeata pelas ruas do distrito.A concentração aconteceu na rua José Inácio ( Rua da Subestação ).
 Ao som das músicas da campanha , que arrastou uma multidão e por onde passava o povo acompanhava e o candidato á prefeito Hilário Paulo ( PSD ) , se emocionou no seu discurso e a cada dia passa a campanha cresce e Hilário todos os dias recebe novas adesões.